quinta-feira, 17 de julho de 2008

Da Força da grana que ergue e destroi coisas belas...











Domingo (13/07), depois de meses de trabalho para desenvolver uma campanha publicitaria de veiculação sul americana a locação escolhida, teatro Guarani Pelotas-RS na esquina das ruas Gonçalves Chaves com Lobo da Costa, que estava repleta de equipamentos de som luz, profissionais de varias áreas se misturavam com a missão em comum de realizar um filme impecável... Foi justamente na busca dessa impecabilidade que essa esquina foi escolhida....


Os prédios daquela esquina são realmente belos... Mas a beleza proporcionada pelo calçamento que emoldurava aquela esquina... Essa beleza atraiu a Pelotas Rodrigo Pesavento um dos diretores mais premiados do País...


Encantado com as condições que a cidade oferece, a exuberância arquitetônica... e a beleza dos calçamentos...
Esse comercial foi filmado no ultimo dia em que essa paisagem existiu...

Ao terminar de desproduzir o material do filme na Segunda-feira ao meio dia o manto negro de asfalto já cobria os paralelepípedos ali assentados a quase dois séculos... A nobreza da pedra habilmente trabalhada por artífices anônimos...


Provavelmente os mesmos africanos que fizeram tudo por aqui do charque as telhas... do calçamento as arcantarias...

Toda a beleza e riqueza cujo valor ainda não parece claro...


A cultura e o turismo, parece evidente a todos, é uma vocação natural desta cidade... investimentos vem sento feito nesse sentido... Curso de Turismo nas duas universidades... Cursos de cinema teatro e dança na UFPEL.... Projeto Monumenta para restauração do centro histórico...


Mas o que é o "Centro Histórico"??? Quando os casarões começaram a ser valorizados vários deles já haviam ido ao chão... Quando percebermos o valor desse calçamento ele já não existira mais...
E o que vamos responder a esses turistas que estamos tentando atrair quando nos perguntem pelos nossos paralelepípedos???


Que foram sucateados pela mais manjada das manobras eleitoreiras... Mais uma vez esquecer a periferia que realmente precisa de obras de pavimentação para maquiar de asfalto o centro dando assim um "ar de progresso" a cidade... E deixando clara a falta de preparo dos nossos governantes que continuam comendo a casca e jogando a banana fora...

Um comentário:

Paulo disse...

Oi Andrea, muito bom e pertinente o texto. Beijão. Paulo Mallet.